TIPOS DE VISTO: O que você precisa saber para viajar o Mundo

Tipos de visto e qual país viajar deve ser uma das dúvidas que estão todos os dias na sua cabeça, estou certo? Saber qual a burocracia pra entrar no país desejado e mais casar com o tempo de férias é algo a se ter muito cuidado e muito planejamento.

Por isso neste artigo vamos abordar sobre os tipos de visto que você necessita para rodar todo o mundo sem nenhuma complicação. Seria péssimo de imaginar uma viagem ser atrasada ou perdida por conta de um visto, não concorda? 

O que posso adiantar é que é mais simples do que você imagina. Tirando as leis americanas e a restrição que eles impõe em cima do estrangeiro, os outros países todos são bem simples pra você ingressar em viagem.

Claro que a regra muda para a categoria e o tipo de viagem que você vai fazer: estudante, passeio ou a negócios. Tudo pode influenciar na hora de você tirar seu visto. 

Então primeiro vamos pelo mais difícil e mais detalhista: O visto americano.

TIPOS DE VISTO: Americano

Como já comentamos anteriormente, o visto americano é o que tem mais regras e automaticamente o mais difícil de se tirar. Isso acontece por conta do relacionamento dos americanos com imigrantes. 

Comentamos em um artigo anterior como é o processo de uma forma mais ampla para tirar um visto e quais são seus 06 passos principais. 

Passamos desde o preenchimento do DS-160 até a retirada do visto no CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto)  pós entrevista no consulado. E até pela alta demanda que existe hoje para tirar visto, foi criado estes núcleos como é o caso do CASV para auxiliar brasileiros nesta hora.

se o seu caso for para tirar o visto americano, por favor, fique atento ao TIPO DE VISTO que você terá que tirar: 

Visto americano B1 

Negócios e Acadêmicos

Negócios - Todo e qualquer negócio com fase temporária. Seja eles: Exposições, fechamento de contratos e principalmente voluntariados. 

Este tipo de visto são para pessoas que irão fazer uma passagem curta ou de médio prazo nas terras americanas. 

Acadêmicos - O visto de estudante é diferente deste (F1) e falaremos mais abaixo sobre. Este visto é para pessoas que irão participar de palestras e seminários, ou, até mesmo pesquisadores da área médica por exemplo. Podem tirar também este tipo de visto contanto que não seja com fins lucrativos.

Neste caso aconselhamos no dia que for para o CASV ou contratando um serviço de despache de visto, tirar todas as suas dúvidas para sair com o visto correto e não ter nenhum tipo de problema. 

Visto Americano B2

Turismo e tratamento médico

Esse é o mais comum entre os viajantes. É só você seguir o processo comum de preenchimento do formulário, pagamento da taxa e entrevista.

Visto Americano F1 

Estudantes

Este visto já tem um outro caminho para ser realizado. Ele serve para você ingressar em escolas, universidades ou até cursos de média ou longa duração. Esse visto tem validade para todo e qualquer estudante que queira se certificar em uma escola americana.

Para isso a escola que você irá precisa emitir um formulário chamado “I-20” - que é uma espécie de “certificado de elegibilidade” que irá garantir sua estadia e te registrar no sistema SEVIS e demais procedimentos burocráticos.

Visto Americano H

Trabalho temporário

Esse é um dos tipos de visto que você pode encontrar uma maior dificuldade em tirá-lo. Por todo patriotismo e cultura tradicional que se enraizou nos Estados Unidos deve haver uma resistência maior para a retirada deste visto e explicamos porquê. 

Este é um visto que uma empresa americana precisa comprovar junto ao seu pedido, alegando, que em todo o processo de contratação  e pessoas americanas que tentaram a vaga. Nenhuma teve as mesmas aptidões que você. Alegando que você é a pessoa mais apta a ocupar o cargo neste período que a empresa necessitou. 

Para conseguir este visto, você também precisa passar por um processo de contratação perante a alguma empresa americana por exemplo. 

E contar com o sistema de imigração e outros para que seu visto não seja negligenciado, pois de toda forma, a empresa contratante terá que informar este sistema de imigração que você é uma peça indispensável para o setor.

Visto Americano L
Transferência de Trabalho

Este caso se aplica a multinacionais que tem filiais ou sede no Estados Unidos. Este é um processo comumente aplicado para gestores e executivos com habilidades essenciais para o trabalho a ser realizado dentro das terras americanas. 

Para isso existem três atributos que tem que ser cumpridos para a validade e aceitação do visto que são:

  • A pessoa transferida tem que ser um gestor ou um executivo de um nível mais alto dentro da empresa
  • Ou com um conhecimento altamente qualificado e preciso
  • E necessita ter mais de um ano de empresa para estar apto a transferência e ao visto.

Nestes dois casos de trabalho especificamente você com toda certeza terá o apoio de sua empresa e de seu RH. Por isso recomendamos sempre se informar muito bem de qual tipo de visto se aplica mais a sua real condição. 

Esses não são todos os tipos de vistos americanos, mas são os mais tradicionais e comuns para despache. Existe uma gama de variações que tem que ser considerada e que você precisa conversar com profissionais da área ou com experiência para orientar vocês na hora de tirar seu visto. 

Bom, agora vamos falar um pouco mais sobre os outros continentes. Mas como disse a vocês anteriormente, são vistos com menos burocracias para serem emitidos.

Tipos de visto: América do Sul

Já abordamos este assunto em um outro artigo, falando sobre Buenos Aires. O que ajuda a todos nós brasileiros e latinos é o acordo do Mercado Comum do Sul (MERCOSUL) para ingressar nestes países o que você necessita é apenas:

Isso facilita bastante para todos nós que queremos conhecer os andes e toda a cultura latina que nos cerca. 

  • Carteira de Identidade ou Passaporte (Documento oficial com foto)
  • Certificado de Vacinação (quando necessário) 

Tipos de visto: Europa

Similar ao MERCOSUL, para viajar a Europa é bem simples. Isso digo para viagens e passeios curtos. O processo de imigração e moradia lá é um outro assunto para um novo artigo. Mas relacionado ao visto, países Europeus, principalmente do Sul não exigem um visto como o americano. O que você precisa basicamente é:

Com isso em mãos você consegue viajar diversos países Europeus sem nenhum tipo de problema. Por exemplo, se você decidir viajar para Portugal hoje mesmo e tem garantido estes documentos não tem problema algum. 

  • Passaporte oficial 
  • Comprovante de Hospedagem
  • Comprovante de retorno ao Brasil

Mas agora apartir de 2021 irão implantar uma regra para um pagamento de taxas equivalente a 7 Euros. Mas este processo você pode fazer remotamente sem a necessidade de entrar em grandes filas ou passar por entrevistas. 

Como aprendemos neste artigo, a dificuldade maior é apenas com o visto americano, por toda a burocracia imposta em preenchimento de formulário, pagamento de taxa e entrevista. 

Por isso aproveito a sua atenção para reforçar que nós da visamundo estamos aqui para auxiliar você a se livrar das partes mais chatas e burocráticas que envolvem este processo, facilitando sua aprovação com o visto americano. Fale com a gente que temos profissionais qualificados para atender sua demanda e te orientar para qual caminho você deve seguir. 

E por acaso vocês conhecem alguém que já tiveram problemas com imigração e querem nos contar? Iriamos adorar escrever sobre melhores práticas e como ajudar mais pessoas a terem seus vistos aprovados. 

Visto sem Corona Vírus. Resolvemos toda a burocracia do seu visto sem você sair de casa!! Preencha nosso formulário ou clique aqui e nos chame no WhatsApp.